PREFEITURA RECORRE E COMÉRCIO VOLTA A ABRIR EM DUQUE DE CAXIAS
26/05/2020 18:06 em Notícias

COMÉRCIO ABRE DE NOVO EM DUQUE DE CAXIAS, ENQUANTO PREFEITURA AGUARDA RECURSO SER JULGADO

 

GLAUCO RANGEL

 

Apesar de a Justiça do Rio ter suspendido o decreto que autorizou a reabertura do comércio em Duque de Caxias, grande parte dos estabelecimentos abriu as portas no município da Baixada Fluminense nessa terça-feira. O decreto do prefeito Washington Reis entrou em vigor na segunda-feira (25/05), liberando a volta das atividades comerciais e determinando algumas normas fundamentais à prevenção contra a Covid-19. No mesmo dia, porém, o Ministério Público e a Defensoria Pública Estadual entraram com pedido e a Justiça ordenou o fechamento imediato dos estabelecimentos considerados não-essenciais.

Até a noite de segunda, porém, muitas lojas funcionaram normalmente em Duque de Caxias, contribuindo para o aumento do  número de pessoas em pontos como o Calçadão da Rua José de Alvarenga, no Centro, com muitas aglomerações. Na manhã dessa terça, grande parte delas abriu novamente. De acordo com informações da prefeitura, a Procuradoria-Geral do Município recorreu da decisão da Justiça. Ainda segundo a administração municipal, enquanto o recurso estiver sendo julgado todo o comércio permanecerá aberto.

Diante da grave situação em Duque de Caxias, onde já ocorreram pelo menos 187 mortes por Covid-19, a Justiça quer que a prefeitura apresente, até essa quarta-feira, um laudo técnico comprovando que um afrouxamento das medidas de isolamento social não vai colocar em risco a saúde e a vida da população. Em caso de descumprimento da determinação judicial, o prefeito Washington Reis poderia ser condenado a pagar uma multa de R$ 10 mil por dia.

De acordo com o último boletim divulgado pela administração municipal, além do elevado número de óbitos, Duque de Caxias já registrou pelo menos 1.246 outros casos de pessoas infectadas pelo novo Coronavírus. Desde o início da pandemia, o município ocupa o segundo lugar no número de óbitos no estado do Rio de Janeiro.

  

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!